Acho que essa é a questão central. Ninguém sabe ao certo quanto impacto tem na vida dos outros. Muitas vezes não temos noção. Mas forçamos a barra do mesmo jeito. Os 13 porquês.  (via inverbos)

(via inverbos)

16,302 notes
Como ela gostava de pensar! Onde estivesse seus pensamentos estavam voando por ali, às vezes ela tinha impressão de que alguém os viria. Andou pensando esses dias que nunca é fácil fazer uma amizade, na verdade até que é, mas não que sempre dure. Para isso não existe um livrinho de regras dizendo: “Faça isso, faça aquilo, aja dessa maneira”. Bem que às vezes gostaria, ela simplesmente se apresentava e conversava, tinha um rumo legal (ou não), até havia risadas, e de repente sem que ela percebesse o tempo passava, e aquela pessoa ia se tornando cada vez mais especial. Mas às vezes tinha uma dúvida “Será que vai durar?”, não que ela ficasse se perguntando, mas desde cedo aprendeu que tudo acaba e com amizades quase sempre era da mesma forma. Ela não acreditava que quem apenas passou na sua vida não pudesse ter sido um amigo. Mas, amigos não eram pra ser para sempre? Não eram para está quando precisarmos? Na alegria e na tristeza? Mas, onde é que está escrito isso mesmo? Na verdade, deve ser até quando for para ser, vai durar enquanto tiver que durar. Acho que é isso, encontrou uma pequena solução para seus pensamentos (ou mais uma dúvida?). Nem toda amizade fica, e nem todas são recíprocas, mesmo que faça um bem danado. Algumas nem sabemos onde estão, e outras vêm e vão, porém tem aqueles que sempre ficarão, mesmo que só no coração. Os Segredos de Charllote.  (via delator)

(Source: alvorado, via delator)

405 notes